Menu da semana de 15 a 19/09 de 2014

Cuscuz de camarão

Cuscuz de camarão

Bom dia! Mais uma semana se inicia. E estamos todos aqui, pensando nos almoços e jantares da nossa família.

Elaborei este menu pensando em receitas extremamente simples, que relembram os pratos que nossas mães faziam.

Vamos às sugestões e receitas?

SEGUNDA: arroz, feijão, bife simples e chuchu gratinado

Receita

Como arroz, feijão e bife são muito simples de fazer, colocarei a receita de chuchu gratinado.

Descasque, pique em cubos e cozinhe os chuchus em água e sal até que fiquem al dente. Não deixe amolecer demais.

Unte um refratário com azeite. Coloque os chuchus cozidos, tempere com sal e pimenta e mais um pouco de azeite.

Você pode optar por fazer um bechamel (molho branco a base de manteiga, farinha e leite) ou misturar um copo de requeijão com um caixinha de creme de leite e um pouquinho de noz moscada, colocar sobre o chuchu, polvilhar com bastante parmesão ralado.

Leve ao forno pré aquecido até que o parmesão fique dourado.

Obs. Esta é uma ótima receita para aproveitar aqueles restinhos de queijo que ficarm na geladeira. Você pode ralar no ralo grosso ou desfazer o queijo com a mão e misturar no bechamel ou na mistura de creme e requeijão. Dá um saborzinho ótimo e evita desperdícios.

TERÇA: Arroz, peixe a fiorentina, batata frita e saladinha

Receita

Cozinhe 1 maço de espinafre no vapor, deixe esfriar, esprema com as mãos para eliminar todo o líquido e pique bem miudinho. Reserve.

Tempere os filets de peixe (st peter, pescada, robalo) com sal e pimenta do reino branca.

Grelhe numa frigideira com azeite e arrume-os num refratário.

Faça um molho branco: derreta 2 colheres de manteiga, adicione 2 colheres de sopa de farinha mexendo vigorosamente. Refogue até a farinha cozinhar. Coloque 1 xícara de leite frio ou gelado e mexa sem parar. Deixe engrossar. Junte mais leite aos poucos até conseguir a consistência de um mingau grossinho. Tempere com sal e noz moscada ralada. Junte o espinafre reservado à panela do molho. Misture bem e coloque sobre os filets de peixe no refratário.

Leve ao forno pré aquecido até começar a dourar. Sirva com arroz e batata frita.

QUARTA: Bistecas suínas com cebola caramelizada, purê de cenoura e salada de almeirão cru com vinagrete de mostarda.

Receita

Tempere as bistecas suínas com sal e pimenta. Grelhe-as numa frigideira até que fiquem douradas dos dois lados. Reserve.

Na mesma panela, coloque cebolas finamente fatiadas, shoyu e um pouco de mel. Misture bem e deixe no fogo, mexendo de vez em quando, até que a cebola caramelize e fique bem escura.

Coloque sobre as bistecas e sirva com purê de cenoura e salada de almeirão.

Dica 1: para que o purê de cenoura fique mais sedoso e cremoso, cozinhe uma batata e esprema junto com as cenouras para fazer o purê. Uma colherada de requeijão ou cream cheese no final da preparação deixam o sabor ainda mais especial.

Dica 2: nem todo mundo come almeirão cru. Eu amo aquele sabor levemente amargo desta verdura. Prepare assim: corte as folhas de almeirão bem fininhas, enxágue-as depois de cortadas e deixe escorrer antes de temperar com o vinagrete.

QUINTA: Canelone de ricota com passas e nozes com molho ao sugo

Receita

Para comermos um canelone em casa, não precisamos apelar para aqueles prontos que a gente nunca tem certeza do que tem dentro.

Comece preparando o recheio: amasse uma ricota, tempere com sal, pimenta e azeite e misture bem. Adicione um punhado de passas sem sementes e um punhado de nozes tostadas e picadas. Experimente para saber se o sabor está bom ou se ainda precisa de algum tempero.

Abra uma massa para lasanha fresca de boa qualidade (daquelas que não necessitam de cozimento e que são macias) e coloque um pouco do recheio no centro dela. Enrole como uma panqueca e arrume num refratário.

Cubra com molho ao sugo e leve ao forno pré aquecido em temperatura baixa até ficar bem quente (de 20 a 30 minutos).

Sirva com parmesão ralado por cima.

Dica 1: varie o recheio. Coloque no lugar das passas e das nozes espinafre e cubinhos de bacon dourados, rúcula fatiada e tomate seco picado, outros queijos ralados (gorgonzola, muçarela, provolone…).

Dica 2: varie o molho: bolonhesa, rosé, de queijos….

Dica 3: faça a receita de molho ao sugo dobrada e guarde a sobra para usar com a receita de amanhã.

SEXTA: cuscuz de camarão com molho ao sugo e salada verde com vinagrete de maracujá.

Receita

Eu não sei vocês mas aqui em casa o cuscuz faz as vezes de uma refeição completa. Eu sirvo com uma saladinha e o almoço ou jantar está pronto.

Comece decorando a forma. Pegue uma forma de buraco no meio e unte-a com azeite. Arrume camarões médios cozidos no vapor bem grudadinhos um no outro para dar o efeito bonito que vocês podem ver na foto, cubra os buracos entre os camarões com ervilha fresca ou congelada e milho verde. Se quiserem aquela decoração mais tradicional com rodelas de ovo cozido e de palmito, etc, esta é a hora de montá-la.

Em uma panela grande, doure camarões médios (eu uso uns 500 gr) até que fiquem rosa dos dois lados (não precisa dourar). Reserve.

Na mesma panela refogue cebola picada. Quando estiver mucha junte uma lata de atum escorrido, uma lata de milho verde, 1/2 xícara de azeitonas verdes sem caroço em rodelas e 1 xícara de ervilha fresca ou congelada refogue por 1 minutinho. Junte 1 lata de tomate pelado batido no liquidificador e deixe o molho apurar um pouco. Corrija o sal e retorne os camarões reservados para a panela.

Assim que o molho estiver grossinho, adicione 1 xícara de água e, assim que a mistura ferver novamente, inicie a adição de farinha de milho (eu uso aquela em flocos amarela).

Junte um pouco de farinha em forma de chuva e misture, adicione mais um pouco e misture novamente. Repita a operação até que a mistura solte da panela. Sabe como a gente vê o ponto do brigadeiro? Assim mesmo.

Deixe cozinhar por uns 3 ou 4 minutos, experimente o sal novamente e coloque a mistura na forma decorada. Coloque bolotas da mistura em todo o fundo para depois espalhar e alisar a mistura. Se for espalhar antes, a decoração ficará bagunçada.

Aperte bem o cuscuz na forma e dê pancadas com a forma na pia para eliminar possíveis bolhas de ar que poderão fazer o cuscuz desmoronar na hora de desenformar.

Deixe o cuscuz esfriar e vire-o no prato que irá servir.

Eu gosto dele com um molho ao sugo bem quente por cima. Se não achar uma boa ideia, simplesmente não coloque.

Dica: se não gostar de camarão ou quiser uma preparação mais barata, substitua por atum em lata, sardinha em lata ou até mesmo frango cozido ou assado em lascas. Fica ótimo também.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s